Em novo decreto, prefeito de Guarantã libera comércio reabrir e seguir protocolo

Em novo decreto, prefeito de Guarantã libera comércio reabrir e seguir protocolo

A íntegra do novo decreto pode ser encontrado na página oficial da prefeitura de Guarantã do Norte.

Por Olhar Cidade da Redação 25/03/2020 - 19:18 hs
Foto: Divulgação
Em novo decreto, prefeito de Guarantã libera comércio reabrir e seguir protocolo
No decreto o prefeito voltou atrás em relação ao comércio

O prefeito Érico Stevan Gonçalves publicou um novo decreto (068/2020 de 25/03/2020) onde estabelece medidas temporárias para prevenção dos riscos de disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19). 

No decreto o prefeito voltou atrás em relação ao comércio (atividades privadas) e autoriza o funcionamento com distanciamento mínimo de 1,5 metro de distância entre as pessoas e devem seguir as demais normas sanitárias de prevenção. 

As atividades privadas submetidas a regulamentação específica de saúde e medicina do trabalho estão autorizadas a funcionar com distanciamento inferior a 1,5 metros de distância entre as pessoas, respeitadas as normas sanitárias em vigor.

Fica proibido o funcionamento de lojas de conveniência, velórios e funerais. 

Para os restaurantes e padarias, fica permitido o funcionamento apenas para a retirada no local ou entrega a domicílio de alimentos prontos e embalados para consumo fora do estabelecimento, respeitado, em qualquer caso, o distanciamento mínimo de 1,5 m entre entregador e consumidor, ficando expressamente vedado o consumo no local. 

A íntegra do novo decreto pode ser encontrado na página oficial da prefeitura de Guarantã do Norte. 

O Olhar Cidade publicou nesta quarta-feira (25) uma matéria com o seguinte título, ‘Decisão “populista” do prefeito de Guarantã de fechar comércio gera prejuízos’, que repercutiu bastante durante o dia em Guarantã do Norte, principalmente entre os comerciantes insatisfeitos com a decisão do gestor e sua equipe.