Relatório aponta que falha em gerador de usina causou a morte de 500 kg de peixes em Itiquira (MT)

Relatório aponta que falha em gerador de usina causou a morte de 500 kg de peixes em Itiquira (MT)

Polícia Ambiental apurou que houve uma mortandade de cerca de 500 quilos de peixes.

Por G1 MT 20/08/2020 - 14:47 hs

O relatório sobre a mortandade de peixes no Rio Corrente, em Itiquira, no sudeste do estado, apontou que houve falha no gerador da usina, o que causou a redução da vazão do rio.

A Polícia Ambiental apurou que houve uma mortandade de cerca de 500 quilos de peixes, na segunda-feira (17).

A usina hidrelétrica Ponte de Pedra reconheceu a falha, mas disse que a situação está normalizada.

No entanto, até essa quarta-feira (19), peixes das espécies curimbatá, tucunaré, três pintas, piraputanga, entre outros, estavam presos porque a vazão do rio ainda está baixa.


O documento aponta ainda que uma das três unidades da usina estava em manutenção e houve o desligamento das outras duas. O gerador de emergência não ligou automaticamente e o procedimento precisou ser feito manualmente. Isso demorou aproximadamente três horas.


O relatório feito pelos policiais ambientais será encaminhado à promotoria e para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).


O Rio Corrente fica na divisa da região sudeste de Mato Grosso com Mato Grosso do Sul. Ele é afluente do Rio Piquiri, que faz parte da bacia do Rio Paraguai e deságua no Pantanal.