Vereador de Carlinda é preso por homicídio cometido em São Paulo em 1984

Vereador de Carlinda é preso por homicídio cometido em São Paulo em 1984

O júri do crime foi realizado em setembro de 2009. Na audiência a Justiça de São Paulo já havia determinado a prisão de Manoel, foragido desde então. O crime prescreve em 2029.

Por G1 MT 04/08/2020 - 12:12 hs
Foto: Câmara de Vereadores de Carlinda
O vereador Manoel Miranda Costa, de 66 anos, foi preso na sexta-feira (31) em Carlinda, norte de Mato Grosso, pela Polícia Militar de São Paulo Grosso. Ele era procurado acusado de um homicídio naquele estado. De acordo com a Polícia Militar, que deu apoio à prisão, Manoel, que é vice-presidente da Câmara de Vereadores, foi preso em um prédio no centro da cidade.

A Câmara de Vereadores não se posicionou sobre a prisão.

O homicídio ocorreu em 1984 em Rio Claro, São Paulo.

Segundo a PM, o vereador foi levado à Polícia Civil de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá.

O júri do crime foi realizado em setembro de 2009. Na audiência a Justiça de São Paulo já havia determinado a prisão de Manoel, foragido desde então. O crime prescreve em 2029.