Após apelo, idosa morre de coronavírus esperando por UTI em Cuiabá

Após apelo, idosa morre de coronavírus esperando por UTI em Cuiabá

Mesmo com uma liminar, da justiça, no entanto, ela não conseguiu ser internada e faleceu.

Por Olhar Direto 06/07/2020 - 11:13 hs

Luciana Gomes de Souza, de 76 anos, morreu no último sábado (4) em decorrência do novo coronavirus (Covid-19). Ela estava na Unidade de Pronto Atendimento do Pascoal Ramos, aguardando por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Mesmo com uma liminar, da justiça, no entanto, ela não conseguiu ser internada e faleceu.
 
O caso foi divulgado pelo deputado estadual Eliseu Nascimento (DC) em suas redes sociais, em um vídeo. Na última sexta-feira (3), o filho de Luciana, Mario Carioca, publicou um áudio de sua mãe clamando por ajuda. “A moça disse que aqui não tem condições de cuidae de de mim, pelo quadro da minha saúde”, dizia a mulher.
 
“Ela é mãe de Mario Carioca, que lutou desde o princípio... lutou bravamente e buscou uma liminar da justiça, e mesmo com a liminar não concedida a transferência de sua mãe. Eu disse, o que posso fazer é simplesmente clamar nas minhas redes sociais”, afirmou o deputado.
 
O filho de Luciana chegou a fazer um apelo, perguntando onde estavam os doze leitos que o Governo do Estado disse que estavam disponíveis. “Gente, por favor, a coisa é muito séria. Peço ajuda de vocês que possam divulgar esse vídeo”, disse Mario.
 
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá, até a manhã de sábado (4) havia 58 pessoas aguarando por leitos de UTI na capital. Leia a nota:
 
A Secretaria Municipal de Saúde informa:

-Todas as unidades da Atenção Secundária (UPAs e Policlínicas) estão lotadas de pacientes com suspeita e confirmados com COVID-19.
-A Central de Regulação faz o possível para conseguir UTIs para os pacientes que precisam.
-Existe uma fila com pessoas aguardando UTIs, inclusive com liminares.
-Até às 8h deste sábado, havia 58 pessoas aguardando vaga de UTI.
-A Prefeitura tem a previsão de abrir mais 20 leitos de UTI na próxima semana, no Hospital de Referência. Após a abertura destas UTIs serão montados outros 20 leitos, totalizando 40 novas UTIs. Está aguardando apenas a chegada das bombas de infusão, que já foram compradas.                                                  

-O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam todas as vidas ceifadas por esta doença tão terrível.