Secretário de Saúde de Sorriso diz não ter mais vagas de UTI na região e pacientes devem ser transferidos para Cuiabá

Secretário de Saúde de Sorriso diz não ter mais vagas de UTI na região e pacientes devem ser transferidos para Cuiabá

Sorriso tem 87 casos confirmados da doença. Desses, três estão em UTI e um leito de enfermaria. A maioria dos leitos são ocupados por pacientes com outras doenças.

Por G1 MT 04/06/2020 - 11:55 hs

O secretário de Saúde de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, disse que não há mais vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atendimento de pacientes com Covid-19 nos hospitais da cidade e nem no município vizinho Sinop, na região norte do estado. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (3).

Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), nessa terça-feira (2), Sorriso tem 87 casos confirmados da doença. Desses, três estão em UTI e um leito de enfermaria.

De acordo com o secretário Luís Fabio Marchioro, a partir de agora, os pacientes que precisarem ser internados deverão ser transferidos para Cuiabá.

“Essa é a situação que chegamos neste momento. Na nossa região, não temos leitos de UTI disponíveis”, afirmou.

A maioria dos leitos são ocupados por pacientes com outras doenças.

O secretário disse que o relaxamento das medidas de prevenção ao novo coronavírus pode contribuir para o aumento no número de casos.

“Aí quando acontece algo extremo a sociedade se revolta, mas vamos fiscalizar um ao outro para que na nossa cidade todo mundo possa ter a sua liberdade sob controle da saúde e da pandemia. Só depende de nós. Não pode achar que é brincadeira, que é bobagem”, ressaltou.