Operário morre após ser soterrado e atingido por pedra em obra em Sorriso

Pedra se soltou e atingiu o rosto do operário que já estava soterrado. Obra era feita para implantação da rede de esgoto em bairro de Sorriso.

Em 18/11/2016 08:54:00 na sessão Cidades

Foto: Portal Sorriso

Um operário de 61 anos morreu nesta quarta-feira (16) depois de ser soterrado e atingido por uma pedra, em uma obra de esgoto na cidade de Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a pedra atingiu o rosto do trabalhador, identificado como Renê Zilhalva de Lima.

O operário trabalhava com outros funcionários em uma obra de implantação da rede de esgoto de uma concessionária no Bairro Jardim Amazônia, quando ocorreu um desmoronamento de terra em uma valeta onde eles estavam. Uma equipe dos bombeiros foi chamada para fazer o resgate.

"Essa vítima de soterramento teve as partes inferiores do corpo cobertas pela terra. Houve também uma queda de uma pedra que atingiu a face, provocando afundamento do crânio e fratura nos ossos da face. Ele estava sem sinais vitais", explicou ao G1 o sargento dos bombeiros, Jairo Demori.

Os bombeiros usaram uma escada para retirar o operário dessa valeta onde ocorreu o deslizamento de terra. "Existe uma máquina que faz o serviço de abrir esse buraco. A máquina já tinha feito a valeta e ele [o operário] estava dentro dela fazendo conexões de tubos, quando ocorreu o soterramento. A terra o cobriu da cintura para baixo e a pedra se soltou e o prensou contra a parede da vala", completou Demori.

Os militares fizeram o procedimento de reanimação e massagem cardíaca, enquanto a ambulância se deslocava até o Hospital Regional de Sorriso. A morte do operário foi confirmada na unidade de saúde. Renê está sendo velado na Capela Mortuária de Sorriso, ao lado do cemitério municipal.

Em nota, a Concessionária Águas de Sorriso, responsável pela obra, lamentou o falecimento do operário e disse que ele fazia parte da equipe de uma empresa terceirizada que executa obras de implantação da rede de esgoto da concessionária no Bairro Jardim Amazônia.

A empresa garantiu que são adotados 'elevados padrões de segurança' nas atividades e afirmou que será aberto um processo interno para avaliar as causas do acidente.

A Águas de Sorriso disse ainda que no momento do acidente todos os trabalhadores, que passam por constantes treinamentos, estavam utilizando equipamentos de proteção individual.



Por G1 MT 18/11/2016 08:54:00

Mais notícias da sessão: Cidades