Com inspeção de manutenção vencida, avião que caiu em garimpo próximo a Itaituba, não tinha autorização da Anac para voar

Uma das licenças da aeronave expirou em março deste ano. Monomotor caiu com duas pessoas no garimpo do Creporizão, próximo ao município de Itaituba, sudoeste do Pará, por volta das 12h45 desta quarta-feira (11).

Em 13/10/2017 10:21:00 na sessão Cidades

Foto: Reprodução

O avião monomotor que caiu com duas pessoas no garimpo do Creporizão, próximo ao município de Itaituba, sudoeste do Pará, por volta das 12h45 desta quarta-feira (11), não tinha autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para voar. Segundo informações do órgão, a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) da aeronave estava vencida, pois a validade era até o dia 1º de março de 2017.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto, identificado como Paulo André, morreu na hora. O outro passageiro, identificado como Charles, foi levado para Itaituba em estado grave e, em seguida, encaminhado para um hospital de Santarém. Ainda segundo os Bombeiros, a área é de difícil acesso, e fica cerca de 350 quilômetros da sede de Itaituba.

Avião que caiu em garimpo no Pará estava com licença vencida (Foto: Reprodução)

De acordo com o comandante do 7º Grupamento Bombeiro Militar de Itaituba, coronel Tito da Silva Azevedo, o piloto e o passageiro levavam ferramentas na aeronave, que perdeu o controle enquanto decolava.

Consta ainda no sistema da Anac que o proprietário do monomotor é Joilma Souza Gomes de Oliveira.

A Anac informou que uma das suas atividades é o registro de todas as aeronaves civis brasileiras. Este controle é feito pelo Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), que, entre outras atribuições, controla marcas de matrícula e nacionalidade, emite certificados de matrícula e de aeronavegabilidade, reconhece direitos reais e de uso, bem como a aquisição de domínio na transferência de propriedade, além do cancelamento de matrículas, registros, inscrições, averbações e fornecimento de certidões.


Fonte: G1 PA


Por olharcidade2@gmail.com 13/10/2017 10:21:00

Mais notícias da sessão: Cidades